terça-feira, 7 de junho de 2011

Fui Corno e Mulher de meu Pai - Parte 5

Continuação de:

Depois desse dia, nossas tranzas ficaram mais quentes e com uma frequencia muito maior, onde nós fudiamos praticamente todos os dias e passávamos horas na cama, vendo o VT de minha trepada e outros filmes que passei a alugar, de Gays, Bissexuais e outros.


Ate que um dia nós fomos de ferias para S.Paulo e la a noite, resolvemos ir a uma boate. Ela fica nos jardins e estava realmente muito boa. Daçamos e bebemos muito e ja tarde da noite, pegamos um taxi para voltar ao hotel, quando me deu um tesão muito grande e perguntei ao motorista, se existia alguma Boate GLS por perto, pois nos queriamos esticar um pouco mais a noite. Como todo motorista de taxi que se presta, sabe tudo da noite de sua Cidade e não foi diferente, nos indicou uma, e ainda nos alertou, pois la alem de shows de sexo, tinhamos de ter o cuidado pois tem na boate, cabines, labirinto e outras coisas mais que identificava, como um clube.



Fomos e ao chegar, minha mulher estava um pouco apreensiva, mas nada que fosse atrapalhar nossa noitada. Entramos e sentamos numa mesa no canto do palco e estava quase cheia. Vimos que estava começando uma apresentação de um casal de homens e estavam no maior beijo. Tiraram a roupa e foram para os finalmentes, com chupadas, enterradas e etc. Ela ficou tarada e a essa altura, ja tinha machos se beijando, mulheres se beijando, homens chupando rola e o clima a mil.


Vi qua entrava e saia gente de um corredor o tempo todo e fui ao banheiro. La encontrei uns 4 caras se chupando e um deles dando o cu. Aproveitei e dei uma chupadinha num dos caras e sai. Fui passar pelo labirinto e encontrei muita gente se chupando e dando o cu. Voltei para amesa e falei para minha esposa o que tinha visto e disse que tinha aproveitado e dado uma chupadinha numa bela rola. Ela me beijou e disse que realmente, minha boca estava com gosto de pica.


Ela foi ao banheiro e demorou bastante e nesse tempo, um cara que estava na mesa ao lado, botou sua rola para fora e começou a se punhetar enquanto as cenas no palco corriam solto. Fiquei olhando e ele notou e me ofereceu. Eu cheguei perto e abocanhei sua rola e comecei a chupar, foi quando minha mulher voltou e ele me falou que ela tinha voltado. Dei um beijo nele e voltei para a mesa.


Perguntei porque ela tinha demorado e ela toda vermelha, me falou que la no banheiro tinha umas mulheres se chupando e ela foi chupada por duas ao mesmo tempo e me falou que pela primeira vez, tinha sido chupada por outra mulher e que estava toda melada e estava adorando tudo. Chamei ela para ver o labirinto e ela concordou. Ao passar pelo cara da mesa, dei um toque nele que veio nos seguindo.


La chegando, entramos numa sala onde tinha duas mulheres fazendo um 69 e tres caras se fudendo e eu tirei minha calça e sentei com minha rola na mão e ela tambem tirou sua calcinha e como estava de vestido, passou a olhar e punhetar tambem. O cara sentou do meu lado ja nu e com a rola empinada para cima me ofereceu, eu cai de boca nela e minha mulher olhando.


Depois de um tempinho, eu me levantei e fui pegar uma camisinha e vesti a ferramenta. Me posicionei de costas para ele e comecei a sentar na sua rola que logo, desapareceu no meu cu e minha esposa na minha frente me beijando e de vez em quando decia e chupava minha rola. Foi incrivel, pois ela tremia de tesão e eu ja cavalgando na rola tambem num êxtase total. De repente ela começou a gozar e tremia feito louca, com os dedos na buceta e chupando minha rola, enquanto meu homem se acabava no meu rabo. Terminamos eu dei um beijo nele e minha mulher veio ate a ele e deu tambem um beijo nele e agradeceu o presente que foi ver ele me comendo.


Ele me entregou um telefone para que ele fosse ate o hotel, mas não ligamos, ja que passamos os dias trepando com muito mais calor e ela passou a me comer tambem com uns consolos que compramos. Mas antes de sair de S.Paulo, queríamos repetir a dose, só que agora no proprio hotel e como não queriamos envolvimento nenhum, chamamos um casal de programa.


Ai é que foi a loucura final, pois ela foi chupada pela menina e chupou tambem e eu dei meu cu ate não aguentar mais e o que era mais interessante, o boy, como é comum, tinha uma rolona bem grande e grossa, que fez ela vibrar vendo entrando e saindo do meu rabo. Foram meses e anos de muito sexo, mas sem que eu fudesse nenhuma mulher e ela nenhum homem, pois nesse caso, eramos fieis um ao outro e ela não queria de jeito nenhum.

Tive que viajar por conta da empresa que trabalhava, para Natal e passaria 9 meses morando la e como tinhamos um casal de filhos, ela não poderia me acompanhar e ficariamos nos vendo so de 15 em 15 dias.


Foi ai o fim de nosso casamento, pois comecou a esfriar, e começaram os ciumes e as brigas, que praticamente não tinhamos, ficaram frequentes. Isso tudo conto depois, ja que ate hoje, continuo comendo boceta, no meu novo casamento e dando o cu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...